GAL

FacebookFacebook2

Este livro foi publicado há sete anos, com o título Quando Marinela Salero Cortez decidiu imitar Don Juan (Ed. Campo das Letras).

Apesar da minha adoração pela irreverente Marinela, a heroína deste romance, sabia que ela pecava por falta de esmero da sua criadora.

O livro estava trapalhão, muito aquém do fôlego que esta incorrigível sedutora exigia. Senti-me, por isso, frustrada.

Tentando não me embaraçar nas sombras do passado, os anos foram passando e eu julguei ter esquecido.
Eis senão quando, no Verão de 2014, esta insubmissa sedutora me veio de novo desafiar com as suas exigências: não estará na altura- perguntou-me-, de me dares um retoque?

Percebi, então, que certas criaturas que julgámos ter sido nós a criar, se transformam, afinal, no nosso Criador e fazem de nós pobres bonecos, joguetes nas suas mãos. Meti de imediato mãos à obra, operando todas as transformações que Marinela me exigiu.

Rezo para que desta vez ela não amue.

Capítulos:

Parte 1

1. Marinela está cansada da conversa da mãe sobre a necessidade de se casar.

2. Fiquei anoréctica, pudera! A triste sorte dos filhos únicos.

3. Por que razão, hoje, os escritores já não gostam de banquetes?

4. Marinela detesta homens gulosos.

5. Afinal o mundo não é a preto e branco, longe disso!

6. Finalmente Marinela tem uma amiga!

7. Como é terrível, a solidão!

8. Uma revolução chamada Don Juan.

9. A descoberta erótica do mundo: A primeira noite donjuanesca de Marinela.

10. Pélaga está aflita com a vida escandalosa de Marinela.

11. Mais vale tarde do que nunca: mulheres, imitem-me, que não se arrependerão.

12. Marinela disserta sobre as vantagens da precariedade e da mobilidade: mudar e de emprego e de homem, eis o segredo de uma vida feliz!

13. Marinela é despedida e decide viajar pelo mundo.

Parte 2

1. As maravilhas do nomadismo. Chegada a Roma.

2. Uma tarde em Sevilha: fujam dos gimno-adictos, não prestam para nada na cama.

3. Marinela visita um cemitério de Roma e não esperava encontrar o que encontrou.

4. Marinela apaixona-se.

5. O regresso a casa e o reencontro com a mãe.

6. O misterioso comportamento da mãe e de Pélaga.

7. Uma terrível revelação: O ciúme.

8. Oh, meu Deus, como fiquei feia!

9. Marinela visita Cíndia e redescobre a felicidade.

10. Marinela recorda o encontro com Guido Cosentino, um amante excepcional.

11. Da literatura obesa à literatura anoréctica.

12. Diário de um sedutor I.

13. Diário de um sedutor II.

Deixe aqui o seu comentário: